Destinos Jeep: 5 parques ecológicos mais bonitos do Sudeste

07/01/2021 Destinos Jeep


Há muitas aventuras esperando por você e nem é preciso ir muito longe de casa para encontrar lugares incríveis. Com uma grande área de preservação da Mata Atlântica, a região sudeste possui diversos parques ecológicos com uma rica biodiversidade e relevos para os mais radicais esportes. Seja para um passeio tranquilo explorando a floresta ou para fazer escalada e rapel, você com certeza vai querer que a próxima viagem com seu Jeep seja para um desses lugares. Confira a lista que preparados dos cinco parques ecológicos mais bonitos da região.

Antes de planejar sua viagem, é importante lembrar que a melhor época para viajar é em períodos sem chuva. Dependendo do passeio, é recomendado contratar um guia para apontar os trajetos seguros e evitar perder o caminho de volta. Antes de ir, confira a lista do que não pode faltar na sua bagagem e lembre-se de fazer uma revisão no seu veículo.

Parque Nacional da Tijuca, Rio de Janeiro

Rio de Janeiro não é só praia e agitação. Aquela mata densa que ilustra os cartões postais da Cidade Maravilhosa é um parque nacional de 3.200 hectares, que recebe visitantes do mundo todo desde 1961. Só em 2019, três milhões de turistas passaram por lá. O parque é considerado o mais popular do Brasil não é a toa, pois as atrações são fantásticas.

Há quatro núcleos para explorar no parque: Floresta da Tijuca, Serra da Carioca, Pedra da Gávea e Pretos Forros/Covanca. Muitas pessoas gostam de fazer a trilha da Serra da Carioca que leva até o Morro do Corcovado, onde vemos de braços abertos o Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo moderno. Nesta mesma serra, outras atrações conhecidas são o Mirante Dona Marta e a Vista Chinesa. Já a Floresta é conhecida por ter mais de cem trilhas, sendo necessário ter o acompanhamento de um guia na maioria delas.

Além das trilhas, há também áreas para piquenique e churrascos, podendo tomar também um banho de cachoeira ou praticar ciclismo. Mas se gosta mesmo de aventura e adrenalina, vale a pena fazer um voo livre, escalada ou rapel. Durante a visita, você conhece trechos preservados da Mata Atlântica, onde vivem mais de: 60 espécies de mamíferos, 220 de aves, 70 de anfíbios e répteis, e 60 invertebrados.

Localizado entre o mar e as montanhas, o Parque Nacional da Tijuca é considerado o primeiro grande projeto de reflorestamento no mundo e é a prova de que cidade e natureza podem conviver em harmonia.

Site: parquenacionaldatijuca.rio

Parque Nacional do Itatiaia, Rio de Janeiro

Conhecido como o primeiro parque nacional do Brasil, o Itatiaia foi inaugurado em 1937 pelo então presidente Getúlio Vargas. Localizado na Serra da Mantiqueira, entre os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, o parque possui 28 mil hectares. Por entre vales e montanhas, se abrigam ali doze nascentes de bacias hidrográficas e uma rica fauna. O parque é até considerado um dos melhores locais do mundo para a observação de aves.

Há áreas próprias para piquenique e ciclismo, além de muitas trilhas em níveis baixos, intermediários e difíceis. Para quem curte longas caminhadas, há três opções de Travessias: Ruy Braga (22 km), Rancho Caído (27 km) e Serra Negra (32 km). As formações rochosas são locais perfeitos para escalada e até montanhismo, visitando trechos de Mata Atlântica. Só o Pico das Agulhas Negras tem quase 2.800 metros de altitude, tendo considerado o quinto mais alto do país.

Além das trilhas, há cachoeiras para banho, sendo as mais indicadas as cachoeiras do Complexo do Maromba: Piscina do Maromba, Véu de Noiva e Itaporani (parte baixa), e a Cachoeira das Flores e do Aiuruoca (parte alta). Não deixe de conhecer também o Lago Azul, uma bela piscina natural.

Para visitar, há duas portarias: uma com acesso à parte baixa, onde se concentram atividades mais leves. Já a outra entrada dá acesso à parte alta do parque, onde é recomendado ter fôlego e um guia para explorar. Se quiser aproveitar a experiência por mais dias, é possível acampar ou se hospedar nos abrigos.

Site: parquedoitatiaia.tur.br

Parque Nacional da Serra do Cipó, Minas Gerais

Habitada pela espécie humana há cerca de 10 mil anos, a região do Parque Nacional da Serra do Cipó abriga muita história. Em seu sítio arqueológico, pesquisadores encontraram marcas da população tupi-guarani. Hoje, o lugar recebe visitantes que se encantam pela beleza dos cenários.

Com uma área de 33.800 hectares, o parque se localiza a 100 km de Belo Horizonte, e abrange os municípios de Jaboticatubas, Santana do Riacho, Morro do Pilar e Itambé do Mato Dentro. O parque foi criado em 1978, na intenção de proteger sua fauna e flora, e a bacia de captação do rio Cipó, cujas nascentes estão lá dentro.

Ao fazer as trilhas, os turistas passam por rios, córregos, cachoeiras e poços de águas cristalinas. São famosas as cachoeiras da Farofa, da Braúna e do Sobrado. Também é possível ver orquídeas e bromélias entre as mais 1.700 espécies de vegetação e praticar escalada nos paredões. É encantador o passeio pelas cavernas e sobretudo o Cânion das Bandeirinhas e dos Confins.

Site: serradocipo.com

Parque Nacional da Serra da Canastra, Minas Gerais

Criado em 1971, esse parque protege tanto a nascente do Rio São Francisco, quanto o ecossistema do Cerrado e espécies de animais ameaçados de extinsão, como o pato-mergulhão. Com mais de 70 mil hectares, o território chega a abrangir três municípios do sudeste mineiro:  São Roque de Minas, Sacramento e Delfinópolis.

As características de relevo acidentado e vegetação rasteira formam uma paisagem deslumbrante, que se torna ainda mais encantada ao se deparar com cachoeiras de mais de cem metros de altura. Durante as trilhas, é possível encontrar lobos-guarás, tatus-canastra e até tamanduás-bandeira.

O cânion do São Francisco e as partes alta e baixa da Casca D'anta são pontos turísticos fascinantes. Recomenda-se visitar também o Retiro de Pedras, onde ficava a primeira fazenda construída na região, e o Curral de Pedras, antigamente utilizado para conter o gado enquanto os tropeiros passavam a noite. Também vale conhecer a Trilha do Cerrado, as Ruínas da Fazenda Zagaia e a Cachoeira dos Rolinhos.

Como as principais atrações são de difícil acesso, é recomendado contratar um guia. Há turistas que se aventuram em esportes de adrenalina, como rapel, mountain bike, trekking e até remo. Mas por haver zonas de perigo, sobretudo em dias de chuva, é melhor consultar quais os locais seguros para praticar essas atividades.

Site: serradacanastra.com.br

Parque Nacional do Caparaó, Espírito Santo

Apesar de ter acesso também por Minas Gerais, a maior parte do parque está localizada no estado do Espírito Santo, onde se encontra a segunda portaria. Com mais de 30 mil hectares de área preservada de Mata Atlântica, o lugar é perfeito para a prática de montanhismo.

Além das belas cachoeiras, mirantes e piscinas de água, sua grande atração é o Pico da Bandeira, o terceiro mais alto do Brasil, com quase 2.900 metros de altitude. Conta-se que em 1859, Dom Pedro II ordenou que fosse hasteada uma bandeira do império onde, na época, era o ponto mais alto do Brasil, dando origem ao nome. Os outros quatro maiores picos do parque são Pico do Cruzeiro, Pico do Calçado e o Pico do Calçado Mirim, todos com cerca de 2.800 metros de altitude, e o Pico do Cristal (2.770 m).

No parque, as trilhas são sinalizadas e há opções de percurso de vários tamanhos e níveis de dificuldade, para caminhadas na florestas ou em campos de altitude. Para chegar ao Pico da Bandeira, há trajetos saindo de ambos os estados. Para percursos longos, pode ser recomendada a contratação de um guia. No parque também é possível acampar, tendo dois campings em Minas e outros dois em solo capixaba.

Durante o passeio, os turistas podem se deparar com ao menos 350 espécies de aves, cerca de 70 espécies de mamíferos e mais de 50 mil espécies de insetos. Além da preservação da fauna e da flora, o parque é muito importante para proteger as nascentes das bacias dos Rios Itabapoana, Itapemirim e Doce.

Site: icmbio.gov.br/parnacaparao


E que tal para um final de semana em uma praia paradisíaca? Confira essa lista com as cinco praias mais bonitas do Sudeste!

Leia também: Guia completo para preparar seu carro para a viagem.